Ninguém ganha com antecedência

O jogo da eleição mal começou

A esquerda não deve se iludir na ingenuidade de acreditar que a burguesia fechou com Lula. Vem por aí pesados ataques contra ele, como já ocorreu em diversas outras eleições

Antonio Carlos Silva

Uma ideia, divulgada confusamente por setores da esquerda, é a de que a burguesia estaria disposta a aceitar Lula, porque ele representaria a defesa da democracia e da normalidade institucional.

Isso depois de todo o processo golpista em que derrubaram a presidenta Dilma Rousseff, impediram Lula até mesmo de tomar posse no seu ministério e o deixaram atrás das grades por 580 dias, o que resultou  na eleição de Bolsonaro e todas as suas medidas contra o povo brasileiro.

Ainda que de forma contida, por hora, a burguesia procura criar as condições para a campanha “nem Lula, nem Bolsonaro”, hora contendo a campanha de um e atacando a de outro e vice versa.

A burguesia não dá a eleição como encerrada a favor de Lula, e aponta para a 3ª via. E é aí que a campanha de Lula e toda a esquerda que o apoia precisa estar atenta, porque haverá uma tentativa de alavancar a 3ª via. E isso será feito atacando a candidatura do ex-presidente.

A esquerda não deve se iludir na ingenuidade de acreditar que a burguesia fechou com Lula. Vem por aí pesados ataques contra ele, como já ocorreu em diversas outras eleições.

O clima do “já ganhou” é hoje um dos piores inimigos da campanha de Lula. Ele é resultado de uma política completamente errada, que acredita em tudo o que a direita golpista está divulgando nos jornais. “Não precisa sair na rua, não precisa mobilizar, ninguém vai conseguir ultrapassar Lula”, não precisa sair na rua, agora é “paz e amor”.

Essas ideias são divulgadas pela imprensa golpista com o propósito muito claro de deixar os militantes da esquerda escondidos, em casa, acreditando que assim vão garantir a vitória de Lula.

Qualquer brasileiro sabe que o “já ganhou” é o pior inimigo de um time que está em vantagem. Qualquer brasileiro sabe que “entrar em campo de salto alto” é o caminho para a derrota mais vergonhosa de um time que é superior ao outro, mas acaba sendo surpreendido pela sua própria arrogância.

Nas eleições, como no futebol, é preciso jogar para ganhar, ninguém ganha com antecedência.

Jogar, no caso das eleições, significa “colocar em campo” o principal jogador do time de Lula, o povo trabalhador e a juventude. Precisa transformar o apoio que tem em força real, mobilizada, nas ruas. Precisa chamar o povo a partir para cima do adversário.

É preciso se opor à atitude passiva dos que tentam conter a mobilização e, o que é pior, ficar “torcendo para o juiz”, sem perceber que o judiciário há muito demonstrou que atua em favor do time adversário.

Central de Vendas

Entre em contato pelo WhatsApp  11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Precisa de ajuda?

Em caso de dúvidas, ou se quiser recuperar seu “Usuário”, envie mensagem para 11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Faça já sua assinatura digital de Causa Operária:
  • Assinatura Mensal Digital Completa (por quatro semanas) por R$ 11,99 um único mês, você pode optar pela renovação automática, descontando R$ 11,99 todo mês da sua conta.
  • Assinatura Semestral Digital Completa (por vinte e quatro semanas) por R$ 64,99 pagamento único.
  • Assinatura Anual Digital Completa (por quarenta e oito semanas) por R$ 99,99 pagamento único.

Menu Principal

Ajuda, Dúvidas e Televendas