Luta sindical

Greve garante conquistas

Após 24 dias de greve, os trabalhadores do Serpro conquistaram um Acordo Coletivo de Trabalho

Após 24 dias de greve, os trabalhadores do Serpro conquistaram um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) que, mesmo não tendo sido atendidos todos os itens da pauta, garantiu conquistas importantes, como a reposição do Índice Nacional de Preços ao Consumidor do período retroativo à data-base (1º de maio); reposição da inflação nos demais benefícios, renovação das cláusulas do ACT anterior e a devolução dos descontos dos dias parados, entre outros itens. Isso somente foi possível em função da expressiva mobilização da categoria.

“Heróis” tratados como lixo

Os profissionais da área médica (enfermeiras e enfermeiros), reconhecidos como a “linha de frente no combate à pandemia da Covid-19”, acabam de receber um duro golpe do ministro “garantista” do STF, Luiz Roberto Barroso. Atendendo aos interesses dos vampiros sanguessugas da medicina privada, Barroso, através de uma liminar, revogou os efeitos da lei que assegurou, em votação no Parlamento, o piso salarial da categoria.

Pesquisadores do IBGE protestam na Bahia

Os recenseadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realizaram um protesto e decretaram greve na Estação da Lapa, na capital baiana, Salvador. Eles reivindicam melhorias nas condições de trabalho.

Os trabalhadores contratados para o Censo 2022 questionam a logística para receber os pagamentos referentes às pesquisas realizadas e também o transporte. Não há maiores informações sobre quantos recenseadores estão em greve; porém, na Bahia, o IBGE abriu 571 vagas para o Censo.

Informações revelam que os pesquisadores têm tirado dinheiro do próprio bolso para realizar a pesquisa, que acontece em todo o País.

Petroleiros não cedem às pressões da empresa

Depois de terem rejeitado a terceira contraproposta da direção da Petrobrás, os petroleiros, representados pela FUP, voltaram à mesa de negociação com a alta administração da empresa. 

As entidades sindicais voltaram a enfatizar que quem decide o fechamento do Acordo Coletivo são as assembleias. A FUP refutou a insistência da gestão da Petrobrás em querer impor uma data limite para o fechamento do ACT.

Central de Vendas

Entre em contato pelo WhatsApp  11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Precisa de ajuda?

Em caso de dúvidas, ou se quiser recuperar seu “Usuário”, envie mensagem para 11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Faça já sua assinatura digital de Causa Operária:
  • Assinatura Mensal Digital Completa (por quatro semanas) por R$ 11,99 um único mês, você pode optar pela renovação automática, descontando R$ 11,99 todo mês da sua conta.
  • Assinatura Semestral Digital Completa (por vinte e quatro semanas) por R$ 64,99 pagamento único.
  • Assinatura Anual Digital Completa (por quarenta e oito semanas) por R$ 99,99 pagamento único.

Menu Principal

Ajuda, Dúvidas e Televendas