Fora Meireles e todos os golpistas

Renan Arruda

No último dia 19, o Partido da Imprensa Golpista (PIG) anunciou com estardalhaço o apoio de oito ex-presidenciáveis à candidatura de Lula.  Entre eles estava presente o banqueiro Henrique Meirelles, a quem – de fato – eles queriam exaltar.

Meirelles é o tipo político que ocupa o lugar que os banqueiros mandam.  Foi presidente do Banco Central nos dois primeiros governos Lula, depois colaborou com o golpe que derrubou a presidenta Dilma Rousseff e assumiu o ministério da Fazenda durante o governo do usurpador Michel Temer. 

Mostrando que os banqueiros e seus serviçais não têm apoio popular, como candidato à presidência em 2018, mesmo com toda a máquina gigantesca eleitoral do MDB, financiada pela burguesia, mal chegou a 1% dos votos.

Como ministro do golpista Temer foi um dos responsáveis pelo desmonte da políticas sociais criadas durante os governos do PT,  pela aprovação da Proposta de Emenda Constitucional que congelou o orçamento da saúde e da educação por 20 anos, pela “reforma” trabalhista, entre outras inúmeras maldades levadas à frente pelo golpe de estado contra o povo trabalhador. 

Depois de apoiar Bolsonaro no segundo turno, tornou-se  secretário da Fazenda de São Paulo, no governo de BolsoDoria (PSDB).

Com João Doria, patrocinou a mesma política neoliberal em São Paulo, como as privatizações e  pesados ataques ao funcionalismo e aos serviços públicos do Estado.

Embora seja uma figura menor nos quadros políticos dos banqueiros e da burguesia que deu o golpe de 2016, a presença de Meireles cumpre o papel de pressionar a candidatura Lula ainda mais para a direita. Aliás, esse tem sido o papel dos novos “aliados” de Lula, entre eles o vice  Alckmin, Paulinho da Força etc., políticos do PSB, do MDB, aplaudiram a deposição de Dilma e a prisão de Lula.

O objetivo dos banqueiros e da burguesia golpistas é o de retirar da candidatura de Lula tudo que ela representa como progressista, como oposição, do ponto de vista dos interesses dos  trabalhadores, para derrotar a política antipovo imposta pelo golpe de 2016 e que teve sua continuação com Bolsonaro, eleito às custas da impugnação de Lula em 2018.

Eleger Lula é apenas um passo. É fundamental a organização e mobilização dos trabalhadores, da juventude e dos explorados em geral pela conquista de suas reivindicações, pela derrota cabal da direita e do golpe. Para isso, desde já é preciso defender o Fora Meirelles, Alckmin e todos os golpistas. Por um governo dos trabalhadores!

Central de Vendas

Entre em contato pelo WhatsApp  11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Precisa de ajuda?

Em caso de dúvidas, ou se quiser recuperar seu “Usuário”, envie mensagem para 11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Faça já sua assinatura digital de Causa Operária:
  • Assinatura Mensal Digital Completa (por quatro semanas) por R$ 11,99 um único mês, você pode optar pela renovação automática, descontando R$ 11,99 todo mês da sua conta.
  • Assinatura Semestral Digital Completa (por vinte e quatro semanas) por R$ 64,99 pagamento único.
  • Assinatura Anual Digital Completa (por quarenta e oito semanas) por R$ 99,99 pagamento único.

Menu Principal

Ajuda, Dúvidas e Televendas