Em MG, “vamos com Lula por um governo dos trabalhadores”

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Lourdes Francisco, pré-candidata do PCO ao governo de MG

Sou Lourdes Francisco, militante  do Partido da Causa Operária e pré-candidata ao governo de Minas Gerais pela sigla partidária.

Nasci no Norte de Minas, na cidade de Grão Mogol, região muito mal representada e esquecida pela política mineira e nacional.

Estou me candidatando para defender os interesses do povo trabalhador de Minas Gerais e também de todo o Brasil. Defendemos incondicionalmente a candidatura do ex-presidente Lula como expressão das lutas populares. Combatemos o fascismo, o golpe de Estado e todos os algozes do povo brasileiro, que desde o golpe contra a ex-presidente Dilma Rousseff e o PT, estão atacando  os direitos sociais e econômicos dos trabalhadores, levando-os a um estado de profunda miséria para enriquecer ainda mais os multimilionários empresários capitalistas e o imperialismo.

Minha luta é a luta do PCO nos movimentos populares, como por exemplo o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), com parte do objetivo maior que é fortalecer a luta dos explorados por um governo dos trabalhadores que aponte para o fim da miséria, da fome, do desemprego, por melhores salários e pela redução da jornada de trabalho para que todos possam trabalhar. 

Atuamos nos Geraizeiros, movimento do povo das Gerais (de Minas Gerais) que procuram manter o cerrado, a cultura e a forma de vida e de produção que historicamente desenvolveram, como a agricultura, caça, pesca e exploração de minérios de forma comunitária e preservando o meio ambiente.

O Cerrado, desde a década de 1970, sofre os danos causados com a ação de empresas de exploração capitalista.  Além das empresas de eucalipto, nossa região também foi invadida por outras empresas, como a Mantiqueira Transmissora de Energia e a empresa Sul Americana de Metais – SAM, que não respeitam os direitos das famílias que são atingidas.

Os governos de Minas Gerais, tanto o atual como os anteriores, não se comprometeram com as causas mais urgentes e imediatas do povo, como educação, saúde, moradia, infraestrutura de saneamento, eletricidade e internet para todos. O Norte de Minas, por exemplo, – região que conheço bastante – vem sofrendo com o descaso e abandono do governo, deixando os municípios em total estado de carência.

Os politiqueiros neoliberais fizeram de Minas Gerais um Estado sucateado, que não aparenta ser de um povo trabalhador, capaz e lutador. Os mineiros podem e devem ser, como todo o povo brasileiro, os guardiões e provedores das nossas riquezas culturais e minerais, pois o que mais importa é a melhoria da qualidade de vida para o nosso povo, nossa gente.

O PCO se apresenta nessas eleições ao Estado com uma pré-candidatura própria, diante da posição assumida pelo Partido dos Trabalhadores (PT), materializada no apoio a um candidato que não representa os interesses dos trabalhadores e do povo mineiro, o prefeito licenciado Alexandre Khalil (PSD). O objetivo do PCO em MG – assim como em todo o País – é a organização de dezenas, centenas de comitês eleitorais para a defesa da candidatura do ex-presidente Lula e também a luta em defesa das reivindicações mais sentidas dos explorados mineiros, daí a decisão de marchar com uma candidatura própria ao Estado.   

Somos e devemos ser os protagonistas da nossa história. Nós – das “Gerais” – temos uma história que se confunde com a história do País, porque somos “nações” que trabalham e produzem num País que é um dos maiores em fronteira e produção de riquezas para o mundo.

Estamos todos num contexto onde os destaques muitas vezes não representam o todo, mas que não é fácil negar o brilho do nosso povo, protagonista de uma história de luta que enaltece o todo, que é o nosso País.

Ainda somos a semente da superação no contexto atual e nesse sentido lutamos para sermos um povo livre, num momento em que a luta de classes nos leva ao momento histórico de transição que pode colocar nosso País dentro do contexto das grandes nações, a depender da condução da nossa política. 

É crucial que nossas escolhas estejam pautadas na liberdade e emancipação, fora das garras do imperialismo, com autonomia para seguirmos o nosso destino como nação. Somos Minas, somos Brasil, somos mundo. Estamos junto com todos os companheiros que têm um objetivo em comum. Ao mesmo tempo, preparados e nos preparando para sermos os protagonistas na luta evolutiva do processo que culminará no êxito de nosso objetivo maior, que é a revolução socialista.

Central de Vendas

Entre em contato pelo WhatsApp  11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Precisa de ajuda?

Em caso de dúvidas, ou se quiser recuperar seu “Usuário”, envie mensagem para 11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Faça já sua assinatura digital de Causa Operária:
  • Assinatura Mensal Digital Completa (por quatro semanas) por R$ 11,99 um único mês, você pode optar pela renovação automática, descontando R$ 11,99 todo mês da sua conta.
  • Assinatura Semestral Digital Completa (por vinte e quatro semanas) por R$ 64,99 pagamento único.
  • Assinatura Anual Digital Completa (por quarenta e oito semanas) por R$ 99,99 pagamento único.

Menu Principal

Ajuda, Dúvidas e Televendas