10 mil contra 11

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Henrique Simonard

Foi bem argumentado aqui neste jornal que o inquérito das fake news nada mais é do que o terceiro capítulo da série sobre o Golpe de Estado no Brasil. Primeiro tivemos o mensalão, depois a Lava Jato, e agora esse inquérito. Todos se assemelham por ter um ministro, ou juiz, como teste de ferro para passar por cima da constituição brasileira e dos direitos individuais. 

O atual inquérito faz parte da manobra para tentar alavancar a terceira via e teve como alvo primário os bolsonaristas. Esses sofreram todo tipo de arbitrariedade, os blogueiros e jornalistas tiveram seus veículos de informação fechados suas contas bloqueadas, sendo que alguns sequer chegaram a depor na Polícia Federal. O que não a impediu de entrar na casa dos acusados no silêncio da noite, revirando tudo  confiscando computador e celular. 

O texto do inquérito é sigiloso, de forma que não se sabe contra o quê se está lutando. As vítimas e seus representantes estão todos no escuro, não sabem nada: se a polícia virá, quando virá, se suas contas e bens serão congelados, ferramentas confiscadas, se serão ouvidos ou não. Até os advogados são atingidos pelo processo — a esposa e advogada de Daniel Silveira teve suas contas bancárias bloqueadas sem mesmo ser notificada ou ter acesso à decisão do ministro. 

As arbitrariedades são muitas, o tribunal está espancado os direitos constitucionais. Estranho é que pouco sobre esses absurdos chegara até o PCO começar a denunciar. Ironicamente os bolsonaristas são atacados por terem “redes de desinformação” na internet, poderiam ter usado-as para denúncia. Fato é que agora que estamos envolvidos não deixaremos passar nenhum detalhe. Se antes já fazíamos campanha contra este tribunal alienígena a qualquer regime democrático, agora dobraremos a dose.

Fomos o primeiro partido a puxar o “fora Bolsonaro” e mesmo assim defendemos os bolsonaristas perseguidos pelo STF não à toa. Prevíamos que depois dos bolsonaristas viria a esquerda e agora essa análise se mostrou correta. Há quem diga que buscamos essa inclusão no processo para pedir o fim do STF. Os que mantêm essa posição não entendem nada dos princípios marxistas e muito menos dos princípios democráticos burgueses. Sempre foi nosso direito pedir uma reforma do judiciário, nós como partido e qualquer cidadão tem o direito de fazê-lo. Além do absurdo que é um corte defender ela mesma contra um partido. Que qualificação tem um juiz de julgar um processo onde ele mesmo está envolvido?

Dada a situação agora o partido decidiu por levar a cabo a campanha política contra o STF. Não estamos sozinhos nessa, nem pelo lado da esquerda, nem pelo lado da direita. Estamos tirando adesivos, cartazes, panfletos e jornais de ampla distribuição. Mais de 1 milhão de materiais de agitação. Nosso objetivo é agrupar 10 mil indivíduos para denunciar os ataques feitos contra o PCO. 10 mil declarações contra o Supremo Tribunal Federal, todas assinadas. A essa campanha também se somam os vídeos de declaração de apoio. 

Já começamos com essa campanha, mostremos ao STF que o PCO não está sozinho e que não permitiremos mais uma Lava Jato em nosso país. Para participar da campanha basta entrar em contato com as páginas oficiais do partido em qualquer rede social (enquanto durarem) e com qualquer militante nosso. Deixo aqui o e-mail do jornal dedicado aos filiados e militantes do partido onde você também pode nos encontrar: jornalpartido@gmail.com.

Central de Vendas

Entre em contato pelo WhatsApp  11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Precisa de ajuda?

Em caso de dúvidas, ou se quiser recuperar seu “Usuário”, envie mensagem para 11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Faça já sua assinatura digital de Causa Operária:
  • Assinatura Mensal Digital Completa (por quatro semanas) por R$ 11,99 um único mês, você pode optar pela renovação automática, descontando R$ 11,99 todo mês da sua conta.
  • Assinatura Semestral Digital Completa (por vinte e quatro semanas) por R$ 64,99 pagamento único.
  • Assinatura Anual Digital Completa (por quarenta e oito semanas) por R$ 99,99 pagamento único.

Menu Principal

Ajuda, Dúvidas e Televendas