Sem financiamento independente não há uma ação independente

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Como temos divulgado, nas últimas semanas, os Comitês de Luta lançaram mais uma nova ação entre amigos para arrecadar fundos e financiar o combate aos golpistas.

Ao contrário dos comitês de caráter meramente eleitoral, os Comitês de Luta já participaram de todas as principais lutas do País no último período, seja contra o impeachment e o golpe de Estado contra Dilma Rousseff, contra a prisão de Lula, depois por sua liberdade e, claro, Fora Bolsonaro.

Mas para garantir esse movimento, o esforço para mobilizar pessoas e fazer uma ampla campanha de rua para eleger Lula presidente, faz-se necessário um financiamento independente. Só assim o movimento pode atuar de maneira independente, sem outro comprometimento além das próprias bandeiras e reivindicações daqueles que organizam a luta política. 

Dessa vez a ação entre amigos realizará o sorteio de uma viagem com acompanhante para Cuba. Um destino turístico dos sonhos da esquerda, e de qualquer ser humano normal, com hotel incluso, por sete dias. 

O sorteio ocorre por meio de um esquema de rifas, no qual tem mais chances de ganhar quem adquirir mais rifas. Uma chance de ouro para conhecer a famosa ilha paradisíaca do Caribe por apenas 50 reais! Mas pra quê pensar pequeno? Adquira diversas rifas, contribuindo com a tiragem massiva de materiais em defesa das reivindicações da classe operária, ao mesmo tempo aumentando suas chances de visitar um dos poucos Estados proletários que ainda existem no mundo.

Nos últimos anos, os comitês de luta, organizações que se sustentam pela própria atividade política militante, têm publicado diversos panfletos, cartazes e adesivos, influenciando a luta dos trabalhadores no Brasil para a esquerda. Materiais contra as privatizações, os golpistas, a retirada dos direitos trabalhistas e etc ajudaram a agitar o povo brasileiro no período.

Circulando pelas ruas, você provavelmente já deve ter visto em caixas de entregadores de aplicativos, postes, carros, paredes e nos atos os famosos adesivos “Fora Bolsonaro” e “Lula Presidente”. Isso só foi possível pela atividade dos comitês de luta contra o golpe, que, desde a eleição fajuta de Jair Bolsonaro, tiraram milhões de adesivos nesse tipo.

Na época da luta contra o impeachment, em todas as mobilizações eram vistos os adesivos e cartazes “Abaixo o golpe, impeachment não!”. Da mesma forma, na época em que Lula estava preso, os comitês dominaram as ruas com seus materiais “Liberdade para Lula”.

Isso só foi possível pela atividade autossustentável dos trabalhadores, que financiam as atividades políticas dos comitês. A campanha de rifas tem esse sentido.

Para contribuir, basta acessar o sítio (ver QR Code) e adquirir quantas rifas quiser (quanto maior o número de rifas, maior as chances de ganhar!). Todo o dinheiro arrecadado servirá para sustentar as atividades políticas dos trabalhadores brasileiros.

E essa campanha já está dando frutos. Enquanto essa edição de Causa Operária era fechada, dezenas de milhares de panfletos, cartazes, adesivos estavam sendo produzidos para intervenção dos Comitês entre trabalhadores, nos bairros populares, e nos atos de 1º de Maio. Tudo isso pode continuar sendo realizado com a sua contribuição que agora pode ainda te levar para Cuba. Participe!

Central de Vendas

Entre em contato pelo WhatsApp  11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Precisa de ajuda?

Em caso de dúvidas, ou se quiser recuperar seu “Usuário”, envie mensagem para 11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Faça já sua assinatura digital de Causa Operária:
  • Assinatura Mensal Digital Completa (por quatro semanas) por R$ 11,99 um único mês, você pode optar pela renovação automática, descontando R$ 11,99 todo mês da sua conta.
  • Assinatura Semestral Digital Completa (por vinte e quatro semanas) por R$ 64,99 pagamento único.
  • Assinatura Anual Digital Completa (por quarenta e oito semanas) por R$ 99,99 pagamento único.

Menu Principal

Ajuda, Dúvidas e Televendas