Povo russo comemora a vitória contra o nazismo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Eduardo Vasco, direto de Rostov do Don

Quando escrevo esta coluna, no dia 9 de maio, o povo russo comemora o Dia da Vitória contra os nazistas na II Guerra Mundial. As festividades ocorrem todo ano em todas as cidades da Rússia e nas ex-repúblicas soviéticas e são marcadas principalmente por grandes desfiles militares.

O maior deles, como de costume, ocorreu na Praça Vermelha, em Moscou. Nele, o presidente Vladimir Putin fez um discurso no qual destacou os seguintes pontos:

  1. A OTAN ameaçou a Rússia e tampou os ouvidos para os apelos do Kremlin de que a expansão militar seria respondida de forma preventiva.
  2. A Rússia interveio na Ucrânia para proteger o povo russo do Donbass
  3. Militares que voltaram do Donbass participaram da Parada em Moscou
  4. Veteranos norte-americanos que queriam participar da Parada foram proibidos pelo governo dos EUA

A equipe de Causa Operária na Rússia assistiu das tribunas a Parada da Vitória em Rostov do Don. Ela teve o desfile de veículos utilizados na II Guerra, tanques, lança-mísseis, 3 mil militares, socorristas que irão para o Donbass, integrantes da Guarda Juvenil (herdeira do Komsomol e dos Pioneiros); e, também, estudantes, mulheres e crianças.

O evento se encerrou com a Marcha do Regimento Imortal, onde milhares de pessoas desfilaram com o retrato de familiares que lutaram na guerra e incontáveis bandeiras da União Soviética.

Foi lembrado, no início da Parada, que a União Soviética derrotou o fascismo e que agora ele ressurge para ameaçar a Rússia na Ucrânia. Por isso os russos tiveram de intervir para desmilitarizar e desnazificar o Donbass, onde seus compatriotas estão sendo oprimidos.

Mais de 20 mil pessoas assistiram à Parada em Rostov. 94 veteranos da chamada Grande Guerra Patriótica estiveram presentes.

Ao contrário do que algumas pessoas podem pensar, o Dia da Vitória não se resume a um feriado oficial. É uma verdadeira celebração popular, uma imensa mobilização de massas. E a maioria das pessoas são jovens, incluindo um número surpreendente de mulheres e crianças. As pessoas se aglomeram para assistir à Parada e depois passeiam pelas ruas cantando músicas patrióticas, tremulando as bandeiras soviéticas, buzinando em seus carros, gritando. Regressam a seus lares apenas no final da tarde.

As cidades da Ucrânia que foram liberadas das forças nazistas pelo exército russo e as milícias populares de Donetsk e Lugansk também comemoraram o Dia da Vitória, com um sabor especial. Entretanto, as próprias cidades de Donetsk e Lugansk não realizaram a tradicional parada militar devido às ameaças de ataques e atentados dos nazistas. O Dia da Vitória será celebrado tão logo as duas repúblicas forem completamente liberadas. A República Popular de Lugansk, por exemplo, já foi 90% libertada do domínio ucraniano. Mesmo não ocorrendo no 9 de maio, o Dia da Vitória nas duas repúblicas promete ser uma verdadeira comemoração popular.

Central de Vendas

Entre em contato pelo WhatsApp  11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Precisa de ajuda?

Em caso de dúvidas, ou se quiser recuperar seu “Usuário”, envie mensagem para 11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Faça já sua assinatura digital de Causa Operária:
  • Assinatura Mensal Digital Completa (por quatro semanas) por R$ 11,99 um único mês, você pode optar pela renovação automática, descontando R$ 11,99 todo mês da sua conta.
  • Assinatura Semestral Digital Completa (por vinte e quatro semanas) por R$ 64,99 pagamento único.
  • Assinatura Anual Digital Completa (por quarenta e oito semanas) por R$ 99,99 pagamento único.

Menu Principal

Ajuda, Dúvidas e Televendas