Frente de luta

Nos Estados: candidaturas operárias de luta contra o golpe

O PCO apresenta suas primeiras pré-candidaturas contra o regime golpista e em defesa das reivindicações dos explorados
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Depois do ter registrado um significativo incremento das filiações ao Partido, com um aumento de cerca de 25% no total de filiados, até o final de março passado, o PCO prepara-se, em meio a uma intensa luta política, para lançar – nas próximas semanas – pré-candidatos próprios aos cargos majoritários estaduais, nos meses de maio e junho.

Lula presidente

O Partido, vai apoiar – incondicionalmente – a candidatura à presidência da maior liderança popular do País, Luiz Inácio Lula da Silva, representante do movimento operário, apoiado pela maioria das suas organizações e único candidato da esquerda capaz de derrotar Bolsonaro e toda a direita, para o que precisa ser apoiado por uma ampla mobilização popular, que tem ampla condições de impulsionar.

Programa

Ao mesmo tempo, visando fortalecer a luta contra o regime golpista, em defesa das reivindicações mais sentidas dos explorados diante do avanço da crise capitalista, com base em um programa próprio dos trabalhadores, de luta em defesa dos salários, do emprego, da moradia, da terra, contra as privatizações e pela revogação as “reformas” antioperárias e as medidas de ataque ao povo trabalhador aprovadas nos últimos anos, o PCO vai lançar candidaturas próprias para os governos estaduais, para o Senado, Câmara dos Deputados e Assembleias Legislativas.

O Partido não participa das eleições para semear ilusões de que a situação atual possa ser revertida apenas pelo voto, mas chamar a unidade na luta da classe trabalhadora, para conquistar as mudanças necessárias através da sua própria organização – independente da burguesia – e mobilização com os métodos próprios dos explorados, única forma de derrotar a atual ofensiva da direita e avançar no sentido de uma revolução que transforme o País, por meio da expropriação do grande capital e da conquista do poder político para os trabalhadores, por meio de um governo dos trabalhadores da cidade e do campo.

Objetivos da campanha

O PCO vai buscar fazer da sua campanha eleitoral uma tribuna de luta. Vai comparecer às eleições, defendendo que trabalhador vote em trabalhador – ou como popularizou: “quem bate cartão, não vota em patrão!”; apoiando Lula e lançando a candidatura de destacados militantes da luta contra o golpe de Estado, da luta pela liberdade de Lula e em defesa dos direitos democráticos do povo e das necessidades concretas dos trabalhadores, das mulheres, dos negros, da juventude, enfim de todos os explorados, diante da crise.

Diferentemente dos partidos eleitoreiros, cujos caciques estão empenhados em um “vale-tudo” para conseguir um cargo público, o PCO vai buscar fortalecer o embrião do partido revolucionário no Brasil, fazendo evoluir sua organização de norte a sul e até entre os brasileiros no exterior, como um partido de luta pelo seu programa, em defesa da revolução, do governo operário e do comunismo.

Candidaturas de luta

Nos meses de maio e junho, o PCO vai realizar uma série de atividades de lançamento de pré-candidaturas do Partido, muitas das quais estão ainda sendo debatidas pelos núcleos e instâncias dirigentes do Partido. Dentre aquelas que já estão apontadas para serem referendadas por uma Conferência Nacional do Partido a ser realizadas nos próximos meses, destacamos as dos seguintes Estados:

Santa Catarina:

* Carolina Arruda – do Coletivo de Mulheres Rosa Luxemburgo, como candidata a governadora; Caetano Spadaro – servidor público, como candidato ao Senado e Matheus Vetter, operário metalúrgico, de Blumenau, como principal candidato a deputado federal.

Rio de Janeiro:

* Luiz Eugênio – operário metalúrgico, negro, de Volta Redonda, como candidato a governador; Vitor Lara – professor, como candidato ao Senado e Henrique Simonard, estudante, da coordenação nacional da AJR (coletivo de juventude do PCO) liderando a chapa de candidatos a deputado federal.

São Paulo:

* Edson Dorta, carteiro, da coordenação nacional de Ecetistas em Luta, coordenador do Comitê de Luta contra o golpe de Campinas, como candidato a governador; Antônio Carlos Silva, professor, representante do PCO no movimento nacional Fora Bolsonaro, de Educadores em Luta, da Executiva Nacional do PCO, como candidato ao Senado e João Pimenta, estudante, da coordenação nacional da AJR, à frente da chapa de deputados a federais do Partido.

Distrito Federal:

* Renan Arruda, bancário, diretor da CUT/DF, da coordenação do Comitê de Luta contra o golpe de Brasília, como candidato a governador e Ricardo Machado, diretor do Sindicato 

e Expedito Mendonça, diretor do Sindsep (servidores federais), encabeçando, respectivamente, as chapas de candidatos a deputados federal e distrital.

Bahia:

* Eric Menezes, bancário, negro, militante do Coletivo de Negros João Cândidato, como candidato a governador.

Piauí:

* As professoras da rede pública Lourdes Mello e Albetiza Moreira, de Educadores em Luta e do Comitê de Luta de Teresina, são as pré-candidatas ao governo e ao senado, respectivamente.

Paraíba:

* Camilo Duarte, ex-carteiro e servidor da UFPB, é o pré-candidato ao governo e José Pessoa, poeta e cordelista, ao senado federal

Nas próximas edições, destacaremos outras pré-candidaturas e vamos apresentar a programação das atividades de pré-lançamento.

Central de Vendas

Entre em contato pelo WhatsApp  11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Precisa de ajuda?

Em caso de dúvidas, ou se quiser recuperar seu “Usuário”, envie mensagem para 11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Faça já sua assinatura digital de Causa Operária:
  • Assinatura Mensal Digital Completa (por quatro semanas) por R$ 11,99 um único mês, você pode optar pela renovação automática, descontando R$ 11,99 todo mês da sua conta.
  • Assinatura Semestral Digital Completa (por vinte e quatro semanas) por R$ 64,99 pagamento único.
  • Assinatura Anual Digital Completa (por quarenta e oito semanas) por R$ 99,99 pagamento único.

Menu Principal

Ajuda, Dúvidas e Televendas