Mediterrâneo, a rota marítima da morte para os africanos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) divulgou, no final de abril, que mais de 3 mil pessoas morreram ou desapareceram enquanto tentavam chegar ao continente europeu por via marítima. São os migrantes da África que arriscam a vida durante a perigosa travessia para fugir do inferno no qual o imperialismo transformou o continente negro. 

Ainda de acordo com a ONU, 2 mil morreram enquanto atravessavam as rotas do Mediterrâneo Central e Oeste, enquanto mais de 1,1 mil perderam a vida na rota marítima do noroeste da África, a caminho das Ilhas Canárias.

Somente neste ano, pelo menos 478 pessoas morreram desde janeiro. Os africanos fogem das guerras, da fome e da miséria que lhes são impostos pelos colonizadores do passado e do presente, o imperialismo, particularmente o europeu.

Crise de segurança faz Equador mudar o ministério 

O ex-banqueiro de direita presidente do Equador, Guillermo Lasso, que completará um ano de governo em 24 de maio, anunciou uma ampla reforma em seu ministério, substituindo vários colaboradores mais próximos. 

Lasso declarou que as mudanças são um processo “natural, uma avaliação de todo o seu gabinete naquilo que considera pertinente”. 

O Equador atravessa uma grave crise de segurança desencadeada pela guerra declarada do Estado aos núcleos de traficantes, cujos confrontos deixaram mais de 350 presos mortos desde fevereiro de 2021, em massacres que estão entre os piores da América Latina. 

Hamas anuncia que irá resistir às provocações sionistas 

O líder do principal grupo de resistência à ilegal e criminosa ocupação israelense na Palestina – Hamas -, anunciou que haverá uma forte reação e que “todos os grupos de resistência baseados em Gaza devem estar totalmente preparados, pois a ‘grande batalha’ para a Mesquita de Al-Aqsa começará após o mês sagrado do Ramadã se Israel não cessar sua agressão na mesquita”.

A preocupação de Yahya Sanwar e de outras lideranças palestinas se dá em função das frequentes invasões que os colonos israelenses realizam no complexo da Mesquita de Al-Aqsa em vários feriados judeus. Sanwar elogiou as mulheres e homens palestinos por resistirem à ocupação israelense e defenderem a Mesquita de Al-Aqsa.

Guatemala em luta por um Estado plurinacional

Na última semana do mês de abril, comunidades camponesas e coletivos urbanos articulados no movimento sociopolítico “Comité de Desarrollo Campesino” (CODECA), juntamente com outras organizações locais da Guatemala, paralisaram as principais estradas do País protestando contra o aumento do custo da cesta básica, combustíveis, insumos agrícolas, corrupção no sistema judiciário e a criminalização dos movimentos de direitos humanos

A greve plurinacional de dois dias reivindica uma consulta popular para avançar em direção a um processo da Assembleia Constituinte Popular e Plurinacional na Guatemala, para a construção de um Estado plurinacional.

Desde 2012, o movimento CODECA vem trabalhando nisso a partir de comunidades rurais, caminhando em direção aos centros urbanos.

Em 2018, para viabilizar o processo constituinte por meio das urnas, a CODECA criou sua própria organização política Movimento para a Libertação dos Povos (MLP), e obteve um histórico quarto lugar nas eleições gerais de 2019.

Central de Vendas

Entre em contato pelo WhatsApp  11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Precisa de ajuda?

Em caso de dúvidas, ou se quiser recuperar seu “Usuário”, envie mensagem para 11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Faça já sua assinatura digital de Causa Operária:
  • Assinatura Mensal Digital Completa (por quatro semanas) por R$ 11,99 um único mês, você pode optar pela renovação automática, descontando R$ 11,99 todo mês da sua conta.
  • Assinatura Semestral Digital Completa (por vinte e quatro semanas) por R$ 64,99 pagamento único.
  • Assinatura Anual Digital Completa (por quarenta e oito semanas) por R$ 99,99 pagamento único.

Menu Principal

Ajuda, Dúvidas e Televendas