EUA prometem 40 bilhões à Ucrânia, mas avanço russo é sólido

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O Congresso norte-americano aprovou, no último dia 10, o envio de US$40 bilhões em equipamento militar e auxílio humanitário à Ucrânia. A medida teve apenas 57 votos contra, todos republicanos.

Eu me oponho a invasão russa da Ucrânia, mas nós não podemos ajudar a Ucrânia gastando dinheiro que nós não temos“, declarou o deputado Andy Briggs, de Arizona, mantendo certa coerência neoliberal diferentemente de seus colegas.

A medida foi aprovada com votação unânime da ala dita “progressista” do Partido Democrata, liderada por Alexandria Ocasio-Cortez. Em sua campanha eleitoral, o pequeno grupo de quatro deputados conhecido como The Squad, dizia-se abertamente oposto à política belicista do governo norte-americano.

O secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, lavou as mãos diante da possibilidade – muito provável – de que o armamento pesado enviado à Ucrânia caia na mão de regimentos abertamente fascistas.

Eu enfatizei a importância da prestação de contas… e o quão importante é que se tenha certeza que eles estão rastreando a disposição de nosso equipamento sensível que está sendo implantado”, declarou Austin no último dia 11, segundo a agência de notícias Sputnik News.

O apoio norte-americano, porém, não surte o efeito esperado ou é muito ineficiente. Nos último dia 7 e 8, o exército ucraniano tentou capturar a Ilha da Cobra, localizada em ponto estratégico ao norte do Mar Negro. O ponto foi tomado pelos russos na primeira semana da operação especial militar. Segundo o porta-voz militar da Rússia, Igor Konashenkov, a operação “impensada” resultou na morte de 50 soldados ucranianos e no abatimento de 29 drones, 4 helicópteros e 4 caças.

Finalmente, a região de Kherson, localizada no sudeste ucraniano entre Odessa e Mariupol, confirmou sua intenção de integrar-se à Federação Russa.

É difícil dizer quanto tempo levará o período de transição, mas até o final do ano estaremos prontos não apenas no nível da opinião pública, mas também da legislação, para uma transição suave para o status de entidade constituinte da Federação Russa“, declarou Kirill Stremousov, líder do governo civil-militar estabelecido na região após sua libertação, realizada pelo exército russo.

A segunda fase da operação militar segue firme no sudeste ucraniano e, em breve, deve chegar a Odessa, importante cidade portuária ucraniana que foi alvo de um brutal ataque fascista há oito anos, no dia 2 de maio de 2014.

Central de Vendas

Entre em contato pelo WhatsApp  11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Precisa de ajuda?

Em caso de dúvidas, ou se quiser recuperar seu “Usuário”, envie mensagem para 11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Faça já sua assinatura digital de Causa Operária:
  • Assinatura Mensal Digital Completa (por quatro semanas) por R$ 11,99 um único mês, você pode optar pela renovação automática, descontando R$ 11,99 todo mês da sua conta.
  • Assinatura Semestral Digital Completa (por vinte e quatro semanas) por R$ 64,99 pagamento único.
  • Assinatura Anual Digital Completa (por quarenta e oito semanas) por R$ 99,99 pagamento único.

Menu Principal

Ajuda, Dúvidas e Televendas