Golpe e contragolpe na Venezuela: uma cronologia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

7 de abril de 2002: Chávez demite toda a diretoria da PDVSA (estatal petrolífera). Em reação, a direita convocou uma manifestação, pedindo a renúncia do presidente.

Uma enorme manifestação chavista se reúne no Palácio Miraflores, resultando em violento choque entre os dois grupos de manifestantes. 15 pessoas morrem.

11 de abril: Hugo Chávez é preso por um grupo de militares ligados à direita. No dia seguinte, o general Lucas Rincón anunciou que Chávez teria renunciado.

Assume a presidência Pedro Carmona, presidente da federação de industriais, Fedecámaras.

Chávez conseguiu enviar uma mensagem dizendo que não havia renunciado ao “poder legítimo”. Carmona dissolveu a Assembleia e passou a assumir poderes extraordinários. Protestos contra os golpistas crescem.

Militares ligados a Chávez, encabeçados pelo então presidente da Assembleia, Diosdado Cabello, lideram o contragolpe.

13 de abril: A pressão das massas colocou o país à beira de uma guerra civil e levou à liberdade de Chávez, que retomou o controle do governo. Reconduzido ao cargo, Chávez desfaz as mentiras criadas pelos golpistas e amplamente difundidas pelos órgãos de imprensa sobre sua renúncia.

10 de dezembro: a direita golpista inicia um locaute, promovido pelos empresários e paralisa a PDVSA, principal empresa do país. Após 63 dias de locaute, o PIB do país cai 27,7% segundo estatísticas do Banco Central da Venezuela. Ao fim do locaute, 20 mil funcionários adeptos do golpe são demitidos, incluindo a casta de burocratas que controlava a empresa.

Central de Vendas

Entre em contato pelo WhatsApp  11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Precisa de ajuda?

Em caso de dúvidas, ou se quiser recuperar seu “Usuário”, envie mensagem para 11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Faça já sua assinatura digital de Causa Operária:
  • Assinatura Mensal Digital Completa (por quatro semanas) por R$ 11,99 um único mês, você pode optar pela renovação automática, descontando R$ 11,99 todo mês da sua conta.
  • Assinatura Semestral Digital Completa (por vinte e quatro semanas) por R$ 64,99 pagamento único.
  • Assinatura Anual Digital Completa (por quarenta e oito semanas) por R$ 99,99 pagamento único.

Menu Principal

Ajuda, Dúvidas e Televendas