Uma questão central: a luta por um salário mínimo vital

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Um ponto essencial da luta dos explorados, na sociedade capitalista, é a questão da luta pelo valor da força de trabalho, A luta pela conquista de um salário mínimo que atende as necessidades fundamentais à subsistência da classe trabalhadora, é parte fundamental dessa luta.

No Brasil, o salário mínimo,   resultado direto da Revolução de 1930, das lutas da classe trabalhadora no começo do século passado, foi, sempre que possível, rebaixado pela classe dominante. Embora a economia do País tenha crescido, temos aqui um dos mais baixos salários do Mundo.

Tendo como parâmetro o ano de 2011, segundo dados do DIEESE, o salário mínimo em 1940  correspondia ao dobro daquela ano (R$1.202,29 contra R$540,00).

Na atual momento, a situação é ainda mais grave. Desde o golpe de 2016, o salário mínimo tem diminuído em termos reais vertiginosamente. 

Comparativamente ao dólar (veja tabela abaixo), em 2013 o salário mínimo correspondia a 332 dólares. Em 2016, ano em que o golpe se consuma, cai para 222 dólares, aumenta em 2017 para 296 dólares e depois inicia uma queda acentuada até chegar aos atuais 192 dólares(final de 2021).

Trata-se da necessidade das grandes empresas capitalistas – na sua quase totalidade, imperialistas – em regular o valor da força de trabalho por baixo. Assim, um operário qualificado, por exemplo, tem seu salário medido de acordo com o parâmetro rebaixado do salário mínimo. Em última instância, isso significa que toda a cadeia salarial de um País está atrelada aos parâmetros do salário mínimo vigente.

Diante dessa política de expropriação dos trabalhadores para sustentar os capitalistas em crise, é preciso uma campanha nacional, com mobilização de toda a classe trabalhadora, por um salário mínimo vital, suficiente para atender às necessidades de um família trabalhadora, deliberados pelas organizações controladas pelos trabalhadores e que hoje não poderia ser de menos de R$6.500.

Central de Vendas

Entre em contato pelo WhatsApp  11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Precisa de ajuda?

Em caso de dúvidas, ou se quiser recuperar seu “Usuário”, envie mensagem para 11 99867-9315 ou pelo E-mail jcoadm29@gmail.com

Faça já sua assinatura digital de Causa Operária:
  • Assinatura Mensal Digital Completa (por quatro semanas) por R$ 11,99 um único mês, você pode optar pela renovação automática, descontando R$ 11,99 todo mês da sua conta.
  • Assinatura Semestral Digital Completa (por vinte e quatro semanas) por R$ 64,99 pagamento único.
  • Assinatura Anual Digital Completa (por quarenta e oito semanas) por R$ 99,99 pagamento único.

Menu Principal

Ajuda, Dúvidas e Televendas